volte sobre caos
Que segredos trazem esses seus olhos tristes?
"Eu ainda não conheço a chave do sucesso, mas a chave do fracasso é tentar agradar todo mundo."
Caio Fernando Abreu.  
"Tu me aguentas? Eu sou eu. Com tudo que há em mim. Com meu lado preto, cinza, rosa e azul. Com minha cara amassada, amarrotada, descansada e maquiada. Com meu corpo perfeito e com celulite. Com rosto de boneca e dedo torto. Com sorriso largo e cara fechada. Não tenta me mudar, nem me colocar numa redoma de vidro. Num mundo intocável, numa jaula, numa prisão. Sou um bicho livre. E, acima de tudo, tenho força. Personalidade. Se tiver que modificar algo em mim será por vontade própria. Não por vontade alheia."
Clarissa Corrêa. 

"Há dias como hoje, em que eu gostaria que alguém entendesse o que eu penso, e como eu me sinto. Já que eu mesma não sei distinguir o que sinto. Meu coração se tornou um imenso oceano de lembranças, alegres e dolorosas. Já minha mente, se tornou um labirinto, cujos os pensamentos já não consigo mais organizar."
E mais uma vez me sinto só. Só eu e o mundo.

"Sinto muito, mas vou ter que compartilhar isso com vocês: bem, sociedade, eu não sou tudo o que aparento ser. A intenção não é me alto difamar, porque na verdade, eu sou forte. Mas ultimamente ando fazendo pouco caso. Todos os dias pela manhã quando vocês me veem andando apresado pelas ruas, sorrindo e cantarolando, eu estou mentindo. Acabou, aquela vontade enorme de viver, aquele fogo que queimava no fundo da minha alma como uma chaminé, se foi. Hoje sou um amontoado de cicatrizes e confusões; e a moral da história é o mais engraçado, vocês não perceberam que estou precisando de ajuda. Diante disso, prefiro me esconder na maior parte do tempo."
Mas jovem, nem tudo está perdido.  
arfou disse: Faço bgs e aceito pedidos também, ficaria muito grata se me ajudasse a divulgar amr <3, obrigada.

De nada anjo.♥

"Eu queria você aqui, mas você está aí. E o aí não tem ideia da sorte que ele tem."
Tino Bocas.
Anonymous disse: aonde pegou a skin ?

Roubei de alguém e depois adaptei. c:

"Esperei, esperei e esperei. Esperei por alguém, esperei por algo, esperei tanto. Esperei por algo que pudesse me fazer feliz de verdade. Esperei alguém que me fizesse sentir suficiente, esperei por algo que fizesse eu me sentir útil e de verdade. Eu queria me sentir viva. Mas como os escritores, os professores, as tias, o pai e a mãe dizem, a gente tem que correr atrás, fazer acontecer. Aí ta o meu problema, sempre gostei dessa coisa de destino, de coisas caindo do céu e acontecendo naturalmente."
— Emotizar.
"Eu não tenho necessidade de ti.
E tu não tens necessidade de mim.
Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro.
Serás para mim único no mundo.
E serei para ti única no mundo."
O Pequeno Príncipe, Antonie de Saint-Exupéry
"E ninguém sabe se isso vai durar uma noite, ou uma vida inteira. Consumimos amor demais sem saber quanto tem no estoque. Nos tornamos dependentes de uma droga que anda e fala. Abstinência de alguém é o pior vicio."
Sean Wilhelm.
"E eu, mais uma vez, olho para o lado morrendo de saudades dessa coisa que eu não sei o que é."
Tati Bernardi.
"Ou tudo acaba,
ou a gente,
finalmente começa."
Eu me chamo Antônio.
"Depois, bem depois, vem o tempo e nos mostra a verdade como se fosse um passo de dança. Suave, intenso, inteiro. Ele vem e mostra. E aí a gente olha para trás e pergunta: porque não agi diferente? Porque você não tinha o conhecimento que tem hoje. Não tinha a maturidade deste momento. Não te culpa. Não me culpa. A gente não tem culpa."
Gabito Nunes.   
"

Este é o fim de minha vida,
não sou mais quem devo ser;
eu sou névoa, sou neblina,
na escuridão ninguém me vê.

Sou atriz de salário baixo,
sou poeta sem rima alguma;
ao mesmo tempo não sou nada,
sou ninguém, não sou nenhuma.

Sou inferno, escuridão, morte;
sou eu te amo e muito mais.
Sou menina já adulta,
vivida e criada pelos pais.

Sou prostituta da vida;
sou velha e não caso mais.
Sou solteira, viúva sofrida
que engole amor e não cospe mais.

E por fim sou esquecida,
sou artista da ilusão.
Sou quem no começo ama, mas não ama,
sou quem fere e quem parte meu próprio coração.

"
Abstergência.
Theme