A gente é saudade.
Você precisa saber o que quer, e depois assumir pra você mesmo que é isso que você quer, e essa não é a história toda, não é nem metade do caminho e já dá uma vontade de desistir e fingir não querer porra nenhuma. Mesmo com tudo organizado em mente, você ainda precisa correr atrás do que afinal escolheu. Essa é a parte mais difícil. Conseguir as coisas. Querer coisas é muito bom, mas qualquer um quer.
Gabito Nunes.
A dor não é bonita
a gente é que põe flor
no lugar da ferida.
Docismo. 
Andava com mania de suicídio e com crises de depressão aguda; não suportava ajuntamentos perto de mim e, acima de tudo, não tolerava entrar em fila comprida pra esperar seja lá o que fosse. E é nisso que toda a sociedade está se transformando: em longas filas à espera de alguma coisa. Tentei me matar com gás e não consegui. Mas tinha outro problema. Levantar da cama. Sempre tive ódio disso. Vivia afirmando: “as duas maiores invenções da humanidade foram a cama e a bomba atômica; não saindo da primeira, a gente se salva, e, soltando a segunda, se acaba com tudo”. Acharam que estava louco. Brincadeira de criança, é só disso que essa gente entende: brincadeira de criança - passam da placenta pro túmulo sem nem se abalar com este horror que é a vida. Sim, eu odiava ter que me levantar da cama de manhã. Significava que a vida ia recomeçar e depois que se passa a noite inteira dormindo cria-se uma espécie de intimidade especial que fica muito mais difícil de abrir mão. Sempre fui solitário. Você vai me desculpar, creio que não regulo bem da cabeça, mas a verdade é que, se não fosse por uma que outra trepadinha legal, não me faria a mínima diferença se todas as pessoas do mundo morressem. É, eu sei que isso não é uma atitude simpática. Mas ficaria todo refestelado aqui dentro do meu caracol. Afinal de contas, foram essas pessoas que me tornaram infeliz.
Charles Bukowski.  
Por quanto tempo já fiquei observando outros casais imaginando como e quando seria a minha vez? De manhã, de tarde e de noite. Pensando no como seria, e como faria. No final das contas, sobrava solidão. Me frustrei, sabe? Coloquei pressão demais em pessoas pequenas, em pessoas que não podiam me oferecer o que eu buscava. E eu queria construir. Não precisava ser um castelo, um palácio ou só uma palafita. Talvez até mesmo um barraco, mas eu queria, entende? Nem que minha casa fosse somente os braços de um alguém e a gente se beijasse na chuva, considerando uma goteira. Ficaria tudo certo. Eu só preciso de um lugar pra descansar. E eu estou falando de colo, não de colchão.
Fred Medeiros. 
Eu só quero que você me queira.
Rita Lee.   
A escrita nada mais é que um grito. Um pedido de socorro vindo da alma. Quando não há mais para onde correr, muito menos espaço para guardar, escrevemos. O papel é o nosso ouvinte, nosso mais fiel e silencioso amigo, nada quer, nada espera, só ouve e de vez em quando enxuga nossas lágrimas.
Felipe Bueno. 
Existem muitas coisas para se escrever, mas não para se falar.
Charles Bukowski.  
Talvez eu não tenha pedido ajuda com palavras, talvez eu tenha virado o rosto para esconder uma lágrima e sim respondi “Estou bem, obrigada e você?”. Mas eu nunca achei que precisasse de ajuda, sempre odiei que me vissem chorando e nunca gostei de falar sobre os meus problemas. O problema na verdade, sou eu. Não sou boa o suficiente para esse mundo, para essas pessoas. Fazer faculdade, ter um emprego, ter um bom salário, são coisas que nunca me fariam feliz. A minha felicidade tá na liberdade que nunca tive.
Anne, coração partido.
Sempre que paro pra me ouvir, boto fé em nós. Ontem eu pensei seriamente em aceitar suas vírgulas, se você não encucar com minhas reticências. Quem sabe assim a gente permaneça cada dia mais perto, e tão longe de um ponto final.
Gabito Nunes.
Vem sempre que puder, que quiser, que precisar. Vem que eu te escuto, te protejo, te cuido, te mimo, te amo.
Caio Fernando Abreu.    
Se ela te fala assim, com tantos rodeios, é pra te seduzir e te ver buscando o sentido daquilo que você ouviria displicentemente. Se ela te fosse direta, você a rejeitaria.
Los Hermanos. 
Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar; porque descobri, no caminho incerto da vida, que o mais importante é o decidir.
Cora Coralina.  
Eu olhava sua foto e chorava, chorava por que sabia que aquele sorriso lindo não era pra mim, chorava por que sabia que aqueles lindos olhos castanhos não brilhavam por minha causa, chorava por que vendo uma foto sua eu lembrava de tudo que eu queria que a gente fosse e acabou não sendo.
Emotizar. 
Não, eu não sei lidar
Não, eu não sei amar
Fresno.
Você precisa saber o que quer, e depois assumir pra você mesmo que é isso que você quer, e essa não é a história toda, não é nem metade do caminho e já dá uma vontade de desistir e fingir não querer porra nenhuma. Mesmo com tudo organizado em mente, você ainda precisa correr atrás do que afinal escolheu. Essa é a parte mais difícil. Conseguir as coisas. Querer coisas é muito bom, mas qualquer um quer.
Gabito Nunes.